martedì 27 settembre 2011



Planos que num dia parecem paredes de aço e noutro, muros de gelatina. Ideiais que se modificam sem razão  aparente. Opiniões alteradas, forçadas. Gestos supostamente originais, passam num piscar de olhos a ser despreziveis, de tao iguais. Conclusão, pensamos demais.

7 commenti: